Porque muitas mulheres estão adiando a maternidade?

Na abordagem sobre o adiamento da maternidade, a Dr.ª Maria do Carmo Borges, da Clínica Fertipraxis, discutiu as razões por trás desse fenômeno. Ela apontou que fatores como a busca por estabilidade no mercado de trabalho, a conquista de autonomia financeira e a importância da escolha do parceiro contribuem para essa mudança de paradigma. Além disso, um levantamento recente do IBGE revelou um aumento significativo no número de mulheres que optam por se tornar mães após os 35 anos de idade. O fenômeno representa uma mudança em relação ao passado, no qual era mais comum que a maternidade ocorresse em idades mais jovens.

Atualmente, a maternidade parece ter sido deslocada para mais tarde na lista de prioridades de muitas mulheres, refletindo uma transformação nas dinâmicas sociais e nas escolhas individuais. Esse movimento é acompanhado por uma crescente conscientização sobre a importância de planejar a maternidade de acordo com as circunstâncias pessoais e profissionais.

A decisão de adiar a maternidade é moldada por uma série de fatores complexos, que vão desde a busca por estabilidade financeira até a realização de aspirações pessoais. Para explorar mais a fundo essa temática e compreender os desafios e oportunidades associados ao adiamento da maternidade, convidamos você a conferir a reportagem completa no vídeo logo abaixo.

A matéria oferece insights valiosos sobre as mudanças sociais em andamento e as diversas perspectivas que moldam as decisões em torno da maternidade nos dias atuais.